CISMAS l Fui contemplado

0
78

“Alta no contágio por coronavírus provoca quarto aviso consecutivo do governo do estado para todas as regiões covid-19 do RS. Segundo a secretaria da Saúde, foram quase cinco mil novos casos da doença em 24h.”

         Uso deste espaço para dar o meu testemunho.

        Pois depois de praticamente dois anos de intensos cuidados, reclusão de quase um ano, atendendo aos apelos dos infectologistas, das autoridades sanitárias, e dos protocolos de saúde, a covid-19 me alcançou.

        Já estou recuperado, graças ao Bom Deus, tendo cumprido o tempo necessário e recomendável de isolamento, tal qual os preceitos desta fase de infecção.

        Bem distante e totalmente ao contrário de qualquer conotação político-partidária, sempre fui muito atento às recomendações sanitárias quanto a esta epidemia, pois que acredito muito na ciência e toda a sua evolução em prol do bem-estar dos seres vivos.

        Não há o que contestar, principalmente quando o assunto é as vacinas e sua eficácia, no caso específico.

        Tomei já 4 doses da vacina antivírus e, cumpri fielmente a tudo o que me foi indicado, sem nem mesmo pestanejar, uma vez que a minha saúde sempre vem em primeiríssimo lugar.

        Afinal de contas e se você for ver, multiplicando e dividindo, tirando a prova dos nove, é ela, a nossa saúde, o bem mais precioso desta vida.

        Salvo se você não gosta de você mesmo…aí é um caso a ser estudado…não pela medicina comum, mas pelo divã de Sigmund Freud.

        Mas, enfim…mesmo com todos os cuidados, fui contemplado com esta moléstia e, trago um alerta a todos os prezados leitores e leitoras: evitem a covid-19.

        O que eu quero dizer é que, muito embora as quatro doses da vacina e, a ilusão de que os sintomas são bem mais amenos, cuidado, pois aí pode morar o perigo e, fiquem sabendo que estes tais sintomas, variam muito de pessoa para pessoa.

        No meu caso eles, os sintomas, foram intensos, com febre, cansaço, muita tosse, coriza e elevação da pressão arterial, em um período de não menos do que sete dias…sim, com quatro doses.

        Portanto, não queiram experimentar, ou melhor, não baixem a guarda quanto aos protocolos de convivência para evitar o contágio, como usar máscara, higienizar as mãos com álcool gel, evitar aglomerações, etc., etc., etc.

        Os sintomas existem e, como já está comprovado, eles se apresentam diferentes de pessoa para pessoa, o que poderá acontecer com você, o que para mim foi muito incômodo.

        Mesmo assim, ainda temos que agradecer muito a ciência em conseguir, num curto período de tempo, o que é muito incomum em casos como este, dar uma excelente resposta ao combate ao vírus e, presentear-nos com a vacina que, ainda consegue amenizar os efeitos da covid-19.

        Em resumo, fica o alerta para que não subestimem a infecção pelo vírus ora em pauta, naquela de que os sintomas serão leves, pois eles podem se apresentar bem mais contundentes e, tenho a certeza, ninguém vai querer pagar para ver.

        Tenho falado com muitas pessoas que contraíram o vírus nesta quarta onda e, os relatos são praticamente os mesmos, ou seja, sintomas ainda fortes, apesar das vacinas, portanto…cuidem-se e mantenham os protocolos, pelo seu bem-estar e de todos em geral.

        Fiquem bem.