No próximo sábado tem “Dandô” em Encruzilhada

0
139
O Dandô é o Circuito de Música Dércio Marques que reúne músicos de lugares diferentes do Brasil e que, de forma coletiva e colaborativa, promove encontros, trocas e reflexões acerca da música.
O projeto teve início em 2013 e foi agraciado pelo “Prêmio Brasil Criativo” e “Prêmio Profissionais da Música”, promovendo um intercâmbio riquíssimo em cultura e conhecimento.
O circuito, idealizado pela cantautora Kátya Teixeira, é desenvolvido e realizado por uma rede de diversos coletivos, mobilizadores locais, artistas, instituições, produtores culturais e afins. Promove uma verdadeira interação musical por todo o país, por meio do intercâmbio entre artistas de vários rincões, objetivando mostrar as diversas sonoridades regionais e gerar também novos públicos.
Publicidade
Encruzilhada do Sul vêm recebendo o “DANDÔ” desde 2017, quando o poeta Rodrigo Rocha trouxe o Circuito para nosso município e recebeu, prontamente, o suporte do grupo de canto popular Todo Cantoria. O projeto se mantem até hoje graças ao apoio crucial de empresas e estabelecimentos locais, bem como de pessoas apreciadoras de música de qualidade. Todos esses “amigos do DANDÔ” que incentivam a arte, entendem a importância da cultura para um povo. Cabe salientar que o “DANDÔ” local segue aberto para novas parcerias.
Nesse 01 de outubro, então, o Circuito de Encruzilhada do Sul terá a honra de receber o renomado artista Tiago Ferraz que, com quase 30 anos de carreira na bagagem, apresenta um mix orgânico de rock, milonga, funk, samba-rock, folk, reggae e outros ingredientes que ecoam com um impacto capaz de fascinar tribos urbanas e rurais de todas as procedências!
Publicidade
Tiago Ferraz vem se destacando desde a época da banda Estado das Coisas, com 5 álbuns lançados e a instigante banda Rock de Galpão, hoje com 4 registros fonográficos. Esse artista extraordinário será recebido pelos anfitriões locais Todo Cantoria e músicos da Fábrica de Gaiteiros, outro projeto fantástico que nossa cidade acolhe, onde tradição e inclusão social andam juntas, aumentando a auto-estima e espírito de coletividade, ao mesmo tempo que estimula a sensibilidade e conhecimento da cultura local. A gaita social estimula crianças e jovens a se interessarem pelo instrumento, oferecendo aos mesmos as devidas condições para o aprendizado e para futura aquisição do instrumento.
Convide seus amigos e familiares, prepare seu mate e vá prestigiar essa “junção” cultural tão rica.
Data: 01/10/22
Local: Anexo da Escola Borges de Medeiros
Horário: 18h
Ingresso colaborativo: R$15,00 (10,00 para professores e alunos), antecipados pelo número 51 9 9202.4373.