AGENDA

0
1256

DELINEANDO A VIDA

         Se tem alguma coisa que faz muito mal para a alma e o coração, é uma ofensa.

         Às vezes, ela (a ofensa), que foi dirigida para ti, dependendo de onde saiu, com toda a certeza fará, de alguma maneira um dano em sua trajetória psicanalítica.

         Faz mal.

         Como muito maior ainda, mesmo que você não sinta, é a ofensa de que de sua autoria seja proferida, pois que no momento nada terá de alguma anomalia, contudo em seu interior, com mais ou menos tempo, como a corroer, a desgastar seus sentimentos, será uma das suas doenças da vida.

         “Não importa a situação, nunca deixe as suas emoções serem maiores que a sua inteligência”.

         É bom que disso nos lembremos.

         Portanto, é preciso que exercitemos em todas as situações e nuances desta nossa estrada, o exercício de não causar ofensa a ninguém.

         Quer se queira ou não, isso é uma maldade e as maldades não devem ser um aríete de nossos contratempos, a flecha venenosa de nossas defesas, ou, simplesmente o velho e tradicional bullying, que nada mais é do que um ato de violência física ou psicológica intencional ou repetitiva, que ocorre sem motivação evidente.

         E é bom de que isso não nos esqueçamos, porque estas atitudes causam dor e angústia aos seus interlocutores.

– Quem ferir a um homem, de modo que este morra, certamente será morto. Êxodo 21:12

          Entendam, por favor,  a citação bíblica não no sentido de interpretação fiel, mas apenas metafórico.

         Decididamente não precisamos ofender ninguém, pois que um dos melhores argumentos é o seu próprio silencio, a indiferença à investida, que, na sua interpretação (a agressão), é totalmente desprovida de propósitos.

         Quando doer, exclua.

         Saiba refinar os sentimentos alheios, traduza e segregue tudo aquilo que poderá lhe fazer mal, pois que ao utilizar seus filtros entre o bem e o mal, fará de sua vida um caminho muito melhor e mais saudável para a alma e o seu coração.

         Sendo assim, quando palavras proferidas na sua direção, lhe importunar, molestar, constranger, evite-as.

         O melhor mesmo é afastar-se.

         Dar as costas é o mesmo que não ter receios, por confiar na proteção de alguém e esse Alguém nada mais é do que Deus, na fé em que você professa.

         Exerça o ensaio de um melhor ano de 2024.

         O caminhar em sentido contrário ao que lhe causa aborrecimentos, é pavimentar de paz sua estrada, perfumar o ar de sua existência, pois se não podemos mudar as pessoas, com certeza podemos (e devemos) gerenciar as nossas vidas.

         Pensem nisso…

… “A vida traça as intenções das amarguras” …