AGENDA l Ideologia ou Investimento Pessoal?

0
104

         Eu venho me perguntando isso há muito tempo…

         Cultivo um verdadeiro hábito e apreço por um dicionário e, não nego, muito seguido busco por lá os verbetes que tenho curiosidade em entender o seu significado.

         Nem sempre fico satisfeito, é verdade e, então, vou atrás de outro lexicógrafo, que nada mais é do que um dicionarista, ou, autor de dicionário para, justamente fazer o que talvez você tenha tido vontade de fazer, ou seja, descobrir o que seria um “lexicógrafo” …e, de vez, “dessedentar” sobre unidades linguísticas.

         Esta pratica muito me enriquece, culturalmente, pois aprender nunca foi, é ou será demais.

“Quem tem imaginação, mas não tem cultura, possui asas, mas não tem pés.”

Joseph Joubert – ensaísta francês

         E assim, foi que eu busquei para o nosso esclarecimento, o que significa ideologia:

reunião das certezas pessoais de um indivíduo, de um grupo de pessoas e de suas percepções culturais, sociais, políticas etc., ou, como queiram, reunião das ideias características de um grupo ou de um período.

         Não obstante, e como o título da matéria também fala em investimento, nada mais justo que também trazer à baila, o seu significado:

– ato ou efeito de investir; aplicação de capitais com finalidade lucrativa.

         O leitor ou a leitora, inteligentes que são, já devem ter percebido aonde eu quero chegar.

         Pois antes de irmos ao âmago da questão, nada mais justo do que termos em mente, o domínio daquilo do que estamos falando, portanto, e didaticamente, já sabemos o que significa ideologia e investimento.

         Creiam, tais vocábulos nada têm a ver um com o outro, no entanto, intrinsicamente é possível de correlaciona-los.

         Sim, estamos falando de política.

         Política?

         Abertamente estamos falando das próximas eleições, e das próximas, e das próximas…até o fim dos tempos, ou, até que as coisas mudem de configuração, de entendimento, de percepção.

         O que eu quero dizer com tudo isso é muito simples e cabe apenas e tão somente em uma pergunta, agora que todos nós já sabemos o significado destas palavras.

 Perguntem aos seus candidatos nestas próximas eleições e, como disse, nas outras, e mais nas outras e assim, sucessivamente: a sua candidatura é por Ideologia ou você quer fazer um Investimento Pessoal?

Depois, tire as suas conclusões.

Sinceramente?

Haverão de ser raras as suas conclusões sobre candidatos que verdadeiramente estejam movidos pela ideologia de trabalhar pelos brasileiros.

Estamos meio a uma selva habitada por interesseiros, desprovidos de toda e qualquer vontade de ideologias político-partidárias e, por consequência, a inapetência de buscar em seus partidos, em sua própria consciência, a seiva idealizada pelo filósofo, economista, historiador, sociólogo, teórico político, jornalista, e revolucionário socialista alemão, nascido em Tréveris, Prússia, Karl Marx…

…onde afirmava que as ideologias surgem por meio de relações sociais, econômicas e políticas, em contextos de ideias conflitantes, de contradições e contrastes sociais manifestos em desigualdade de recursos, de direitos, de acesso a bens e serviços.

E, nunca, por interesses financeiros pessoais.

Enfim, seu candidato vai concorrer por ideologia ou por investimento pessoal?