Banco de Alimentos tem novo presidente

0
266

Na noite desta quinta-feira (26), o Banco de Alimentos realizou a Eleição e Posse da Diretoria Executiva e Conselho Fiscal – Gestão 2022-23. A Diretoria foi eleita por unanimidade e ficou assim composta:

Diretor Presidente: Anderson Zerwes de Freitas
Diretor Vice- Presidente: Gabriela Brocardo
Diretor Financeiro: Maria Teresa Damé Teixeira
Diretor de Marketing: Marcio Piva Von Diemen
Diretor Técnico: João Tabille
Diretor de Patrimônio: Ronaldo Santanna
Diretor Secretário: Solismar Ribeiro Figueiró

Conselho Fiscal:
1.º Titular: Honorio Porto Castro
2.º Titular: Hilmar Machado
3.º Titular: Paulo da Rosa
1.º Suplente: Nadia Maria Freitas
2.º Suplente: Marina O Zerwes de Freitas
3.º Suplente: Oscar Noronha

Foto 1: Presidente Anderson recebendo o cargo da ex-presidente Heloísa

Foto 2: Com a vice-presidente, Gabriela Brocardo

Anderson Zerwes de Freitas, representando o Rotary Club de Encruzilhada, enalteceu a gestão anterior que nunca mediu esforços em prol do BAES, os Mantenedores, Instituidores, Doadores e Beneficiados, ressaltando que o trabalho é conjunto, realizado através de fortes parcerias.

O Presidente ainda destacou o apoio das entidades locais e vinculadas ao Conselho Municipal de Assistência e o Poder Público Municipal: “O Banco de Alimentos é referência não só para o Rio Grande do Sul, mas para todo o Brasil, e esse trabalho só é possível graças aos nossos inúmeros parceiros que são pontes voluntárias para chegar até as famílias assistidas por estas entidades que multiplicam as doações da comunidade encruzilhadense possibilitando um trabalho logístico de sucesso” afirmou.

Anderson também destacou que este é um desafio liderado pelo Rotary Club de Encruzilhada, algo que está no DNA da família rotária no mundo todo pelas comunidades onde servem com o voluntariado para transformar vidas e imaginar um mundo melhor. Abordou as ações do BAES e o comprometimento do time de voluntários; projetos de nutrição e segurança alimentar que permeiam o dia a dia do Banco de Alimentos e entidades beneficiadas; entre outros projetos desenvolvidos. Evidenciou as Campanhas de arrecadação de alimentos que, em breve, devem ser retomadas. Lembrou que antes da Pandemia da COVID-19 as arrecadações aos sábados nas portas dos mercados chegaram a angariar nas edições anteriores cerca de 170 cestas de alimentos, além dos recursos financeiros que são repassados pela Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul com quem temos grande afinidade.

“Todas estas ações voltarão a acontecer na cidade assim que a nova diretoria puder se reunir e deliberar suas metas e estabelecer as relações de parcerias com seriedade e transparência com os empresários locais.”, finalizou.