CISMAS (Coluna de Opinião)

0
426

AH! ENTÃO SOMOS UM PAÍS À PARTE?

        Lhes trago os números de 24 horas atrás, quando ainda foram atualizados pelo Comitê de Crise do RS:

– 83 mortos;

– 111 desaparecidos;

– 291 feridos;

– 873 mil pessoas já afetadas pelas enchentes;

– 385 municípios de um total de 497 municípios existentes no Estado do Rio Grande do Sul.

        E as notícias são ainda piores, infelizmente, pois a previsão do tempo marca novas e torrenciais chuvas para o nosso Estado, principalmente atingindo a região Sul, Oeste e Central, além da frente fria que vai baixar as temperaturas.

        Pois então, com todos esses números e a previsão climática e, muito embora pipoquem aqui e ali alguma ajuda, o país nas tantas regiões que existem, vê-se que simplesmente ignoram a situação dos gaúchos.

        Querem um exemplo, pois lá vai: pela garra, pela qualidade e pela exuberância de suas atuações, temos no campeonato brasileiro três times disputando o título…eu disse “três” times…Grêmio, Internacional e Juventude.

        E o que a milionária CBF fez até agora que não suspendeu todo o campeonato, e, acionou os outros clubes de inúmeros estados para ajudarem nesta tragédia gaúcha?

        Por conseguinte, em que a CBF ajudou em nosso favor, e as federações de futebol dos estados? Só 2 milhões? A milionária CBF?

        Não, não é só suspender por um dois ou três jogos os embates de Grêmio, Inter e Juventude contra seus coirmãos…não, decididamente não.

        Gente, não existe clima nenhum para futebol neste país…estamos vivendo uma catástrofe…e no país do futebol.

        Aliás, diga-se de passagem, o país inteiro deveria estar com os olhos voltados, todos, a esta calamidade pública, pois que, por ser pública, são os órgãos públicos de todo o país que deveriam estar engajados nesta campanha, não só a CBF, mas as federações estaduais de futebol, os governos estaduais do país, OAB, Banco do Brasil, CEF, BC, STF, TSE, IBGE, Petrobrás, CNBB, ANB (Associação Nacional dos Botequins) e por aí vai…

        Nosso estado foi atingido em cheio pelas águas, pela brutal enchente e, está aí para quem quiser ver as consequências nefastas que aconteceram, portanto, é preciso que o país Brasil, por um todo, deixe por ora suas preocupações regionais e, generosamente tragam suas participações ao Rio Grande do Sul.

        O que temos visto, e isto sim é de um grande resultado, de uma bondade imensa, o desprendimento de diversas pessoas, como pessoas físicas (ou seja, como CPF), vindo ao Estado para prestar socorro aos nossos conterrâneos, salvando vidas, ajudando nos resgates, doando produtos de primeira necessidade, enfim, dando mostras de todo o seu carinho para com os gaúchos.

        A eles, nossa grande estima e total consideração, com a certeza de que sempre estarão em nossos corações.

        Com os olhos em lágrimas, queremos manifestar a essa gente toda, o nosso Muito Obrigado!

        Contudo, a quem nem está aí para esta tragédia toda, e são muitos em todo o país, principalmente órgãos públicos, a nossa pergunta:

– Ah! Pois não…então está confirmado: somos um País à parte…?