CISMAS (Coluna de Opinião e Informação)  

0
770
Foto G1-Globo

PARA CAIR AS MÁSCARAS

         Pois foi inaugurada agora, neste dia 20 p.p., em Nova Roma do Sul, coração da serra gaúcha, uma ponte que tinha sido arrastada pelas enchentes, que era, ainda é e sempre será de vital importância para a região.

         Ela liga ao município de Farroupilha, que também traz consigo, pela constituição de seus produtos (vinhos, malhas, etc.), um grande atrativo no setor turístico/econômico do nosso Estado.

Foto: Globoplay

         Logo após a ponte anterior ter sido levada pelas águas do Rio das Antas, o governo gaúcho estimou a construção de uma nova ponte num valor entre R$ 20 milhões e R$ 25 milhões.

         Todavia, isto não era só um empecilho, pois que a previsão da conclusão da obra foi estimada somente para o final do ano de 2024.

         Ah, sim, a ponte anterior foi levada pelas águas no mês de setembro/2023, portanto, em torno de 15 meses para devolver as comunidades de Nova Roma do Sul e Farroupilha, o trânsito na região.

         Pode duas comunidades ficarem sem uma ponte por mais de 1 ano, sendo que esta ponte sempre foi a sua ligação?

         Aliás, o trânsito na RS-448…

         Sabe-se lá se este prazo até o fim de 2024 não seria estendido para 2025, 2026, ….

         Então, formou-se a Associação Amigos de Nova Roma do Sul.

         Agora pasmem: em apenas 138 dias, a população de Nova Roma do Sul e adjacências, angariaram fundos suficientes para construir a nova ponte e, sabem o que mais: ao custo de R$ 6 milhões.

         E não em 1, 2 ou 3 anos de prazo para a conclusão da obra no valor estimado de R$ 25 milhões.

         Fizeram rifas, artistas fizeram shows, doações em Pix e tudo o mais com que as pessoas de bem, honestas, dignas, decentes e com vontade de realizar as coisas, fazem.

         Sem sombra de dúvidas este exemplo deve ficar para sempre para todas as comunidades brasileiras, para todos os governos municipais, estaduais e federal, pois que devem estar e vão ficar eternamente ruborizados, envergonhados e, que neste caso foram humilhados, pela incompetência e superfaturamento com que orçam as obras públicas e, o tempo em que estimam entregá-las, quando entregam.

         E tem mais, muito mais: de acordo com uma publicação no perfil oficial do grupo no Instagram, a arrecadação atingiu R$ 7 milhões, na sexta-feira dia 19/01/2024, véspera da grande inauguração da ponte, com belos, unidos, merecidos e honestos festejos.

         Mais ainda: a Associação prestou contas a comunidade e, como sobrou e vai entrar ainda mais doações, não vai se extinguir, ao contrário, continuará atuante e em favor da comunidade de Nova Roma do Sul, sendo que já tem novas ideias para favorecer os “neorromanos-sulistas”.

         Notem bem, prezados(as) leitores(as), mas notem muito bem e anotem nas suas memórias, o que pode ser feito e como pode ser feito, quando uma comunidade se une e é honesta, é digna, tem competência e, comparem o que os governos fazem e, na maioria das vezes, deixam de fazer, com os impostos que arrecadam com o nosso dinheiro…

         Orçamento do governo = R$ 25 milhões

         Orçamento e realização da comunidade de Nova Roma do Sul = R$ 6 milhões…

         Prazo para a realização da obra, pelo governo = mais de 15 meses (sabe-se lá se não seria em mais de dois anos)

         Prazo realizado pela comunidade de Nova Roma do Sul – 138 dias.

         E aí, prezado(a) leitor(a), o que ficou bem claro para você?