CISMAS (Coluna de Opinião)

0
431

MAIS SAGAZES?

        Vou dar um testemunho do que aconteceu comigo e não foi somente uma vez.

        Hoje em dia, ao menos eu procedo assim: peço em todas as minhas compras que emitam a Nota Fiscal e com o meu CPF inscrito.

        Essa atitude, no meu ponto de vista, traz inúmeros benefícios, como, por exemplo, descontos, prêmios, resgate de crédito, aumento de score de crédito, entre outros.

        Sim, tem gente que não quer que o seu CPF seja citado nas notas fiscais, pois a grosso modo dizem que o governo estará de olho em seus gastos e, consequentemente em suas condições financeiras.

        Sendo assim, acham que podem ser chamados às suas responsabilidades lá na declaração de renda.

        Cada um com as suas verdades…

        Mas vejam em se tratando de IPVA/2024:

Desconto do Bom Cidadão para o IPVA 2024

De 51 a 99 notas fiscais com CPF: 1% de desconto.

De 100 a 149 notas fiscais com CPF: 3% de desconto.

A partir de 150 notas fiscais com CPF: 5% de desconto

Pois não…bem que poderiam aumentar estes descontos um pouquinho mais, todavia é uma vantagem…

        Contudo, e por isso que hoje estou conversando com vocês este assunto, existe uma digamos, pequena desvantagem e, daí a pergunta que é título deste assunto: “Mais Sagazes?”

        Qual a desvantagem de colocar o CPF na nota?

O processo de exigir a nota fiscal com CPF pode ser burocrático e demorado, uma experiência comum em vários estados brasileiros e a culpa recai sempre neste tal de “sistema”, que nada mais é do que a tão propalada internet.

Essa desvantagem pode desencorajar alguns consumidores, especialmente em situações em que a praticidade é crucial, e deixar prá lá a nota fiscal com o seu CPF.

        E é aí que eu me refiro…

        Já me aconteceu em algumas oportunidades, ou seja, eu faço a compra e exijo a nota fiscal com o meu CPF, no entanto o lojista, estrategicamente (como foi em algumas vezes), me diz que a internet (sistema) dele está muito lenta e vai demorar para sair a nota fiscal com o CPF.

        Eu espero. Só que isto demora 3, 4, 5 minutos e nada…

        A gente deveria ter mais paciência, mas normalmente se tem outros compromissos a fazer, outras compras a realizar, outros lugares a ir, ou até ter que dar continuidade a sua viagem, e daí, fazer o quê?

        Naturalmente você vai embora e deixa a nota fiscal com o CPF sem emissão, o que o dono daquele estabelecimento, com toda a certeza, ficará satisfeito.

        Novamente vou emitir aqui o que eu sempre digo: toda a regra tem exceção, portanto não estou de maneira nenhuma generalizando o fato, ou seja, de que isso sempre ocorre…não!

        Mas fica a dúvida, quando isso acontece, se não seria uma artimanha dos que se acham “mais sagazes” e, portanto, sonegam os devidos impostos, por isto minha divergência.

        Diria Mahatma Gandhi:

“Diferendos honestos são muitas vezes um sinal saudável de progresso”.

        Fica a dica.