Mais de 20 horas depois, polícia segue com cerco na busca por criminosos que atacaram banco em Amaral Ferrador

0
3083

A tensão persiste após o ataque a uma agência bancária do Banrisul de Amaral Ferrador, que ocorreu nessa quarta-feira (7). No início manhã desta quinta, a Brigada Militar confirmou à reportagem do Portal Arauto que o cerco aos criminosos segue em andamento. Apesar disso, detalhes sobre o avanço dos trabalhos não foram divulgados pelas autoridades.

Publicidade

O assalto, executado por um grupo de quatro indivíduos, teve início por volta das 10h45min dessa quarta. Os criminosos, munidos de armas de fogo, invadiram a agência bancária e realizaram o roubo. Após o assalto, os criminosos empreenderam fuga em um veículo que havia sido roubado para a execução do crime. Durante a fuga, a quadrilha fez uso de reféns, obrigando pelo menos 10 moradores locais a formarem um cordão humano.

O gerente e um caixa do banco, que haviam sido feitos reféns, foram libertados por volta das 13h, sem ferimentos. Contudo, a perseguição não cessou. Os criminosos se depararam com uma barreira policial em Encruzilhada do Sul, resultando em uma troca de tiros. Eles tentaram colidir o veículo em que estavam contra uma viatura policial, que desviou e conseguiu evitar o impacto.

Em decorrência da alta velocidade, os criminosos perderam o controle do veículo e adentraram uma área de mata. A região é remota e desprovida de sinal de telefonia. As autoridades tiveram que montar uma rede de rádio para coordenar as operações de busca. Na última atualização divulgada, nessa quarta, cerca de 80 policiais trabalhavam nas buscas pelos criminosos que realizaram o ataque.

Fonte: Portal Arauto