Curso de Direito da Unisc recebe o Selo de Qualidade OAB Recomenda

0
221
O curso de Direito da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) recebeu o Selo de Qualidade Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Recomenda. A entrega da honraria ocorreu na última quarta-feira, 16, em uma cerimônia em Brasília. Estiveram presentes os professores Elia Hammes, coordenadora do curso; Cássio Alberto Arend, subcoordenador do curso; Luiz Egon Richter e Caroline Bitencourt, da chefia do departamento do curso.

A premiação representa uma luta histórica da OAB em defesa da qualidade do ensino jurídico no Brasil. Nesta edição, 192 instituições de ensino superior foram agraciadas, incluindo a Unisc, que recebeu o selo pela segunda vez. “É o reconhecimento do trabalho de uma grande equipe, tanto dos qualificados professores, dos técnicos capacitados para os cargos que ocupam e sobretudo dos nossos alunos e egressos, que  alcançam altos índices de aprovação no exame da OAB”, comenta a professora Elia Hammes.

Publicidade

Para ela, é gratificante estar entre as dez universidades do Rio Grande do Sul que receberam o prêmio. “Consolida cada vez mais a qualidade da excelência do ensino jurídico da Unisc. Assim como também referenda o seu papel social de mais de 50 anos formando  profissionais  que prestam relevantes serviços à sociedade nos cargos que exercem durante sua trajetória profissional”, acrescenta a professora.

Já o presidente da OAB, Beto Simonetti, durante o discurso, reforçou o prêmio como um instrumento que contribui para garantir a qualidade do ensino jurídico. “As instituições que estão representadas aqui nesta solenidade merecem o reconhecimento da Ordem em função da proficiência e da eficácia do ensino que é prestado. As instituições de ensino jurídico têm o papel fundamental de preparar os estudantes para sua vida profissional, para as mais diversas carreiras jurídicas e para a advocacia”, fala o presidente da OAB.

Entre outros representantes do sistema OAB, participaram da solenidade o coordenador nacional do Exame de Ordem, Celso Barros Coelho, o presidente da Comissão Nacional do Exame de Ordem, Marco Aurélio Choy, e o professor titular da Universidade de Brasília (UnB), Mauro Luiz Rabelo, responsável pelo método estatístico adotado para a concessão do selo.

Fonte: Portal Arauto